AMÉRICA/NICARÁGUA - “Corrupção e fanatismo”: Dom Baez convida a redar luz e alma à sociedade

Terça, 28 Março 2017

Dom José Silvio Baez

Manágua (Agência Fides) – “Existe muita corrupção. Existem muita mentira, egoísmo e avidez pelo dinheiro e poder e isto cria injustiça e faz aumentar o número de pobres”, afirmou Dom José Silvio Baez em sua homilia de domingo passado em Manágua.
“É verdade que há coisas positivas no país, mas não estamos satisfeitos de como estão indo”, disse o Bispo auxiliar de Manágua, comentando o trecho do Evangelho no qual Jesus restabelece a vista a um cego. Dom Baez reiterou que somos todos membros da sociedade, e portanto, “devemos redar a vista à sociedade, redar alma à sociedade, porque a nossa sociedade parece estar vivendo sem alma, sem vistam sem mente e como todos podemos verificar, abundam os atos irracionais”. Em seguida, acrescentou que “a pobreza é fruto desta cegueira, como o fanatismo religioso ou político".
O Bispo recordou que a Nicarágua está ainda abalado pelo ocorrido há um mês, quando em uma igreja evangélica, uma mulher de 25 anos foi queimada viva por ser considerada possuída pelo demônio. A mulher morreu depois de quatro dias, quando finalmente foi levada ao hospital. A polícia abriu um inquérito e foram detidos alguns líderes da comunidade evangélica. Um episódio do gênero nunca havia acontecido.
Dom Baez concluiu a homilia recordando que “nós cristãos somos chamados a ser luz no mundo, como Jesus, a curar a cegueira que nos conduz a um caminho sem saída. Viram quanto crime, quanto fanatismo religioso? Falta a luz na Nicarágua”.
(CE) (Agência Fides, 28/03/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network