AMÉRICA/PORTO RICO - Líderes religiosos pedem aos Estados Unidos para prevenir a crise financeira no país

Quinta, 23 Março 2017

Dom Roberto González

San Juan (Agência Fides) – O Arcebispo de Puerto Rico, Dom Roberto González, e a Sociedade Bíblica guiada pelo reverendo Heriberto Martínez pedem ao Congresso dos Estados Unidos que aprove os benefícios fiscais para as crianças e a assistência de saúde para Porto Rico, pedido apresentado por uma força-tarefa bipartidária do próprio Congresso. A Câmera dos deputados, de fato, está debatendo alguns aspectos da legislação sobre a saúde que, uma vez aprovados, segundo os líderes religiosos, contribuirão para aliviar a dívida da ilha. A ilha de Porto Rico está politicamente associada aos Estados Unidos.
"Vocês estão no Congresso para agir por Porto Rico", escreveram os dois líderes religiosos numa carta enviada à liderança republicana e democrática da Câmera dos Representantes e do Senado. "Já que a nossa ilha se prepara para reestruturar a sua dívida, precisamos de vocês".
Além de se concentrar sobre a crise financeira da ilha, sempre mais grave, o Arcebispo González e o reverendo Martínez encorajam o Congresso a adotar ulteriores medidas para deter futuras crises com a dívida não somente em Porto Rico, mas também nos países em desenvolvimento de todo o mundo. "Queremos prevenir as crises financeiras que têm um impacto sobre todas as crianças – escrevem -. Muitos países, como Porto Rico, estão em crise porque falta uma lei estadunidense que promova, de modo seguro, o empréstimo responsável e a sua restituição".
Em sua carta –enviada a Fides -, os líderes religiosos recordam que trabalham para a solução da crise de Porto Rico desde 2015 (veja Fides 5/12/2015), tendo como parceiro Jubilee USA e entidades religiosas nacionais como a Conferência Episcopal dos Estados Unidos e a United Church of Christ.
(CE) (Agência Fides, 23/03/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network