ÁFRICA/NIGÉRIA - Oito mortos em atentado contra campo de refugiados no nordeste do país

Quarta, 22 Março 2017 grupos armados  

Abuja (Agência Fides) – Pelo menos oito mortos: é o balanço de um ataque suicida ocorrido na noite de 22 de março em Maiduguri, capital do estado de Borno, nordeste da Nigéria. Segundo as informações preliminares, cinco agressores suicidas explodiram no campo de refugiados de Muna Garage nas redondezas da cidade.
O campo hospeda centenas de milhares de deslocados em fuga das violências de Boko Haram, que já cometeu outros atentados suicidas contra a estrutura humanitária. Consequentemente, é provável que este último ataque também tenha sido perpetrado pela seita islâmica, que apesar das severas perdas sofridas, continua a realizar atentados para demonstrar que não foi derrotada.
A situação da segurança continua precária também em outras áreas da Nigéria. Em 20 de março, 18 pessoas foram mortas em um mercado na região central de Benue. O Presidente Muhammadu Buhari ordenou um inquérito sobre este massacre e condenou a recente série de assassinatos ocorridos em diversas regiões da Federação.
Em sua última declaração pública (veja Fides 14/3/2017), os Bispos nigerianos alertaram para “a perda de sacralidade da vida” e sobre “a difusão, em muitas áreas, de milícias étnicas e de sua crescente violência destruidora contra a comunidade”. Os Bispos destacam que “desde o fim da trágica guerra civil (1967-1970), em nenhum momento da história do nosso amado país a questão da cidadania foi alvo de uma crise tão difícil”. (L.M.) (Agência Fides 22/3/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network