AMÉRICA/BRASIL - Mais de 2 milhões e meio de menores em situação de trabalho infantil

Quarta, 22 Março 2017

Internet

Rio de Janeiro (Agência Fides) – Segundo uma pesquisa que acaba de ser publicada pela Fundação Abrinq, ong promotora da defesa da infância e da adolescência, em 2015 no Brasil foram registrados dois milhões e 600 mil menores em situação de trabalho infantil entre 5 e 17 anos. O levantamento, intitulado “Cenário da Infância e da Adolescência 2017”, revela também que 5 milhões e 800 mil menores brasileiros entre 0 e 14 anos vivem em condições de extrema pobreza, com uma renda domiciliar per capita inferior a 65 dólares. Segundo a Abrinq, em 2015 houve um aumento de 8.500 crianças trabalhadoras entre 5 e 9 anos de idade em relação ao ano anterior, embora tenha sido registrada uma diminuição de 659 mil crianças e adolescentes entre 10 e 17 anos. A região Nordeste, a mais pobre do país, e a Sudeste, a mais rica, são aquelas onde foi registrada a máxima concentração de menores em situação de trabalho infantil. O índice de pobreza infantil mais elevado resulta no Nordeste (60%) e no Norte do país (54%).
(AP) (22/3/2017 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network