AMÉRICA/GUATEMALA - Bispos: Justiça para as vítimas do incêndio em que 40 jovens morreram

Quinta, 16 Março 2017 direitos humanos   jovens   justiça   conferências episcopais  

Conferência Episcopal da Guatemala (CEG)

Cidade da Guatemala (Agência Fides) – "A tragédia no centro de acolhimento Hogar Virgen de la Asunción não foi um simples acidente, mas o trágico epílogo de uma situação irregular que foi denunciada várias vezes”, disse o Presidente da Conferência Episcopal da Guatemala (CEG) e Bispo da diocese de Sololá-Chimaltenango, Dom Gonzalo de Villa y Vásquez, S.J. apresentando ontem o documento conclusivo da Assembleia plenária da CEG. “Com toda a sociedade guatemalteca, pedimos uma investigação, a justa punição dos responsáveis e urgentes medidas de prevenção para que não se repitam fatos como o que ocorreu em 8 de março”, declarou Dom de Villa y Vásquez.
O pedido de justiça por parte dos Bispos diz respeito ao terrível incêndio que se verificou no centro de acolhimento para adolescentes Hogar Virgen de la Asunción, onde 40 jovens morreram e sobre o qual ainda não se esclareceram a dinâmica nem as responsabilidades.
Na segunda parte do documento, os Bispos expressam um forte apreço pela reforma constitucional que o país se preparar para viver para superar a impunidade e a corrupção.
Na parte final, agradecem ao Santo Padre pela notícia da beatificação, no próximo dia 23 de setembro, em Oklahoma (EUA), do venerável Servo de Deus Pe. Stanley Francis Rother, missionário estadunidense assassinado “por ódio à fé” em 28 de julho de 1981 na Paróquia de Santiago Atitlán, Sololá, Guatemala (Veja Fides 3/12/2016)
(CE) (Agência Fides, 16/03/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network