AMÉRICA - As fortes chuvas causam mortes e deslocados no Equador e Peru

Quinta, 16 Março 2017 catástrofes naturais  

Internet

Lima (Agência Fides) - As chuvas intensas que caíram nas últimas semanas em várias regiões do Equador e Peru continuam criando danos à população, aos animais, colheita e infraestruturas. No Equador, durante a estação das chuvas, conhecida como inverno equatorial, o Instituto Nacional de Meteorologia e Hidrologia (Inamhi) assinalou que nos primeiros 13 dias de março as chuvas alcançaram os volumes previstos para todo o país.
O Inamhi acredita que em várias regiões do país vão se manter condições anômalas, especialmente na região costeira, e auspicia que os temporais acabem até o mês de abril. Segundo as estimativas, no momento são mais de cinco mil as famílias atingidas. Também é crítica a situação no norte do Peru, limítrofe ao território equatoriano, onde as chuvas insistentes causaram até agora 60 mil vítimas e atingiram cerca de 600 mil pessoas, segundo o Centro de Operações de Emergência Nacional (COEN). Somente na cidade de Piura, as vítimas seriam 15 mil, enquanto o número de pessoas atingidas teria alcançado 50 mil. O Cardeal Juan Luis Cipriani, Arcebispo de Lima, renovou o seu apelo à solidariedade para com as vítimas das inundações.
(AP) (16/3/2017 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network