ÁSIA/TERRA SANTA - Incêndio proposital danifica a Capela da Ascenção, no Monte das Oliveiras

Quinta, 9 Março 2017 lugares santos  

Panoramio

Jerusalém (Agência Fides) – Quarta-feira, 8 de março, um incêndio de origem criminosa danificou a Capela da Ascenção, no alto do Monte das Oliveiras. Segundo informa a mídia da Custódia da Terra Santa, um pneu foi incendiado junto da rocha – guardada dentro da capela – de onde, segundo uma tradição que data dos primeiros séculos cristãos, Jesus subiu aos céus. Foi danificado pelo fogo também um armário com cartões postais e objetos religiosos que eram vendidos por uma família muçulmana que toma conta do lugar sagrado. Segundo a polícia, a causa foi uma disputa entre duas famílias envolvidas na custódia do lugar sagrado. Uma pessoa foi detida para ser interrogada.
A capela da Ascenção é um dos quatro Lugares Santos compartilhados, segundo as regras do Status Quo, conjunto de disposições de origem otomana que regulamentam os direitos de propriedade e de acesso. Dos quatro Lugares Santos comuns (os outros são a Basílica do Santo Sepulcro em Jerusalém, a da Natividade em Belém e o Túmulo da Virgem, no vale do Cedron) a capela da Ascenção é a única sob jurisdição da Waqf, autoridade muçulmana dos lugares santos.
A atual capela é do período das cruzadas e foi construída no lugar da precedente, destruída em 614 pelos persas. O lugar sagrado é frequentado também por muçulmanos (que admitem a Ascenção ao céu de Jesus, embora neguem sua morte na cruz e a ressurreição). (GV) Agência Fides, 9/3/2017).


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network