ÁSIA/JORDÂNIA - Turismo do Reino Hachemita se concentra nos “lugares cristãos”

Sexta, 24 Fevereiro 2017 peregrinações   igrejas orientais  

petranationaltrust.org

Amã (Agência Fides) - O turismo religioso bíblico, especialmente o “patrimônio cristão” nacional estão cada vez mais no centro das estratégias do Governo da Jordânia a fim de incentivar o fluxo de visitantes estrangeiros no Reino Hachemita. Nos últimos dias, a empresária Lina Annab, ministra atual jordaniana para o turismo e antiguidades, fez uma viagem “promocional” ao Líbano, com o objetivo de apresentar aos representantes das Igrejas e agências de turismo libanesas, as metas bíblicas e os lugares relacionados com as histórias do Evangelho e à história do cristianismo que poderiam ser objeto de uma promoção turística mais intensa e apropriada.
“O turismo entre os nossos dois países”, disse entre outras coisas a ministra numa conferência realizada no Hilton Hotel, “poderia ser mais vivaz, se trabalharmos para divulgar mais os nossos respectivos sites de turismo de forma adequada. O objetivo da visita ao Líbano é de desenvolver o turismo religioso, e o Patriarca Maronita Bechara Rai mostrou grande interesse neste assunto”.
A Ministra fez referência aos locais mais conhecidos do patrimônio arqueológico, bíblico e cristão da Jordânia (como Betânia, Madaba, Monte Nebo, Anjara, Salt, Gerasa, Petra, Aqaba), acrescentando que esses lugares podem ser visitados através de itinerários de duração diversificada. Por sua vez, o padre Khalil Alwan, colaborador do Patriarca maronita Bechara Boutros Rai, apresentou o trabalho da Associação libanesa para o desenvolvimento da peregrinação religiosa e do turismo, presidida por ele, recordando que "o próprio Cristo passou por Tiro, e os primeiros Sínodos da Igreja foram realizados em Beirute, Trípoli e Tiro”. (GV) (Agência Fides 24/2/2017).


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network