AMÉRICA/VENEZUELA - “É preciso realizar as eleições. Devemos respeitar os acordos”, pede o Cardeal Urosa

Quinta, 23 Fevereiro 2017
Cardeal Jorge Urosa Savino

Cardeal Jorge Urosa Savino

Caracas (Agência Fides) - Nenhum representante da Igreja Católica na Venezuela participará da mesa redonda de diálogo entre Governo e oposição, enquanto não for ativado o percurso eleitoral anunciado no ano passado e que até hoje não foi iniciado pelo Conselho Nacional Eleitoral. Foi o que afirmou ontem o Cardeal Jorge Urosa Savino, Arcebispo de Caracas, na igreja de Chiquinquirá, na cidade de Caracas, depois de celebrar a missa com um grupo de aposentados que pedem ao governo nacional para conceder um subsídio a este setor, como informa a nota enviada a Fides.
"Devem ser respeitados os acordos alcançados na reunião de 30 de outubro, definir e realizar o percurso eleitoral. Descobre-se agora e diz-se que as eleições não são importantes, e o Conselho Nacional Eleitoral não convocará as eleições regionais que deveriam ser feitas no ano passado. É preciso convocar as eleições o mais rápido possível”, reiterou o Cardeal. (CE) (Agência Fides, 23/02/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network