ÁSIA/INDOÉSIA - Seminários de educação sanitária para os estudantes e uma missão médica para mais de 600 doentes

Quarta, 22 Fevereiro 2017

Internet

Maumere (Agência Fides) - Desde sua chegada à Diocese de Maumere, na ilha de Flores, Indonésia, em 2009, os religiosos camilianos promoveram a celebração do Dia Mundial do Enfermo com várias iniciativas na diocese. “Também este ano, o dia atraiu e estimulou o interesse das autoridades locais de saúde que colaboraram com os nossos missionários na organização de algumas atividades a favor dos doentes”. É o que conta a Fides Pe. Luigi Galvani, MI, missionário engajado há anos na ilha.
“Nos dias precedentes ao evento, foram organizadas várias iniciativas. Uma delas é que um grupo de médicos e enfermeiros e os nossos seminaristas promoveram encontros de educação sanitária entre os estudantes de várias escolas”, continua Pe. Galvani.
“Além disso, nos dias 4 e 5 de fevereiro, seis médicos, 15 enfermeiros e 35 seminaristas camilianos conduziram uma “missão de saúde” num vilarejo distante nas montanhas. Foram assistidos mais de 600 doentes, entre os quais alguns com HIV e muitas mães com sérios problemas de gravidez. Ao invés, os nossos seminaristas contribuíram visitando os doentes e os idosos em suas casas, ensinando o catecismo às crianças e propondo temas de higiene e boa saúde. Concluindo esses dois dias no vilarejo de Wolofeo, foi viva e comovente a Santa Missa dominical para os doentes, realizada pela primeira vez no vilarejo, com a animação do coral formado por médicos, enfermeiros e seminaristas. Muito aguardada, por fim, foi a celebração diocesana para os doentes, realizada no domingo, 12 de fevereiro, na paróquia periférica da cidade, Bolawolon”. (LG/AP) (22/2/2017 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network