ÁFRICA/QUÊNIA - “Não ao ódio”: campanha da Igreja em vista das eleições de agosto

Sábado, 4 Fevereiro 2017 eleições  

Waumini Communications

Nairóbi (Agência Fides) – Assegurar informações críveis e privas de incitamento ao ódio para contribuir com o pacífico andamento das eleições gerais de agosto de 2017. É o compromisso assumido pela Conferência Episcopal do Quênia, por meio das Comissões Justiça e Paz e Comunicações Sociais, em colaboração com o circuito de rádios católicas.
Para delinear a estratégia comunicativa, como informa a nota recebida pela Fides, se realizou um seminário de três dias no Emmaus Centre de Nairóbi, com a participação das duas Comissões Episcopais, da Caritas Quênia e de diversas rádios católicas, que se confrontaram com especialistas.
Um destes, Cyprian Nyamwamu, da Future of Kenya Foundation, destacou que “é preciso enfrentar os discursos que fomentam ao ódio, a preconceitos baseados em aparências étnicas e a clãs que provavelmente suscitam conflitos perigosos e possíveis violências nas regiões e em nível nacional”.
“A ‘balcanização’ étnica de nossa nação e a tendência em reduzir as eleições a um censo étnico devem ser detidas por um grupo de quenianos corajosos e responsáveis que apresentam temas diferentes, centrados nas pessoas”, acrescentou.
A campanha da Igreja católica para a realização de eleições críveis e pacíficas iniciará em 25 de fevereiro, por ocasião da apresentação da campanha da Quaresma. (L.M.) (Agência Fides 4/2/2017)



Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network