ÁFRICA/RD CONGO - Sequestrado e depois libertado um sacerdote que se opôs aos milicianos de Kamuina Nsapu

Quarta, 1 Fevereiro 2017 sacerdotes   violência   grupos armados  

Kamuina Nsapu

Kinshasa (Agência Fides) – Foi sequestrado e depois libertado um sacerdote católico que se opôs à prepotência dos milicianos do falecido chefe tradicional Kamuina Nsapu. O fato ocorreu em 31 de janeiro em Kananga, capital de Kasai Central, na República Democrática do Congo. O sacerdote, do qual não foi revelado o nome, atua na paróquia Santo Alfonso de Kananga.
O padre se opôs aos milicianos que pretendiam impedir aos alunos de frequentar as aulas de uma escola. Segunda uma testemunha, citada pela Rádio Okapi, “os milicianos estavam indo de uma escola a outra, pedindo aos professores que ‘libertassem as crianças’. Um padre católico da paróquia Santo Alfonso tentou deixar as crianças na escola e foi preso pelos milicianos que, depois, o libertaram nas proximidades do rio Nganza”. Os milicianos bloquearam todas as atividades comerciais e escolares na cidade.
Desde setembro, os milicianos de Kamuina Nsapu, assassinado pela polícia em agosto, semeiam a insegurança nas províncias de Kasai, atacando os civis e se confrontando com os agentes de polícia. Os confrontos causaram pelo menos 140 vítimas. (L.M.) (Agência Fides 1/2/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network