ÁSIA/TERRA SANTA - Bispos da “Coordenação da Terra Santa”: Opomo-nos à “anexação de fato” perpetrada pelos assentamentos ilegais

Sexta, 20 Janeiro 2017 áreas de crise   geopolítica   direitos humanos  

lpj.org

Belém (Agência Fides) - A ocupação militar que pesou por cinquenta anos sobre a Cisjordânia, Jerusalém Oriental e Gaza violou “a dignidade humana de palestinos e israelenses”. E agora todas as pessoas responsáveis são chamadas a opor-se à construção de assentamentos israelenses em terras palestinas que representa uma “anexação de fato” e “põe em perigo as chances de paz”. Estas são algumas das etapas fundamentais contidas na mensagem final divulgada pelos Bispos da Europa, EUA, Canadá e África do Sul pertencentes à “Coordenação da Terra Santa”, no final de sua visita tradicional de solidariedade às comunidades cristãs da Terra Santa, que este “ano se realizou de 14 a 19 de janeiro e envolveu Gaza, Jaffa, Jerusalém, Hebron e Belém.
No comunicado final, assinado por 12 bispos que participaram da peregrinação deste ano, se faz referência ao sofrimento de Gaza, “que continua vivendo no meio de uma catástrofe humanitária criada pelo próprio homem, onde a população passou uma década inteira sob assédio, agravada por um impasse político causado pela falta de boa vontade de todas as partes envolvidas”. Os bispos signatários do documento indicam o caminho da “resistência não violenta” como um método para enfrentar as “injustiças como a construção incessante do muro de separação em território palestino, incluindo o Vale de Cremisan”. (GV) (Agência Fides 20/1/2017).


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network