ÁFRICA/GÂMBIA - O Presidente Barrow toma posse na embaixada gambiana de Dacar. Primeiro passo para uma intervenção militar pan-africana?

Quinta, 19 Janeiro 2017 grupos armados   política  

Banjul (Agência Fides) - O Presidente eleito da Gâmbia, Adama Barrow, prestará juramento hoje, 19 de janeiro, na embaixada gambiana de Dacar, no Senegal, onde se refugiou depois que o Presidente em fins-de-mandato, Yahya Jammeh, decidiu não ceder o poder (veja Fides 18/1/2017).
A posse no exterior de Barrow abre as portas à ação militar na Gâmbia dos países da Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO/ECOWAS). Barrow, reconhecido como legítimo Chefe de Estado gambiano da comunidade internacional, poderá invocar a intervenção dos Estados vizinhos para depor Jammeh e assumir o poder no país.
Entretanto, segundo fontes da imprensa local, Jammeh teria recrutado muitos mercenários originários de Libéria, Serra Leoa, Mali e Casamance, província meridional de Senegal, que confina com a Gâmbia. Nestes países, encontram-se ex-combatentes de milícias que combateram nas guerras civis locais e que muitas vezes, mantiveram suas armas. Assim sendo, é fácil recrutá-los para novas ações bélicas. Entretanto, os exércitos de Senegal, Nigéria e Gana se posicionaram ao longo do confim entre Senegal e Gâmbia, em vista da intervenção no pequeno país africano. (L.M.) (Agência Fides 19/1/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network