ÁSIA/FILIPINAS - Congresso apostólico: misericórdia e cultura da vida

Terça, 17 Janeiro 2017 misericórdia   vida humana   direitos humanos   dignidade humana  

Manilha (Agência Fides) – A misericórdia não é um sentimento abstrato, mas uma atribuição de Deus que olha ao homem, ao valor da vida, aos direitos fundamentais da pessoa. Por isso, o quarto Congresso Apostólico Mundial da Misericórdia (WA-COM4) que se realiza na Universidade Santo Tomás em Manilha, nas Filipinas, presta grande atenção a estes temas e à realidade da nação, que atravessa uma crise dos direitos humanos, vista a “guerra à droga” lançada pelo governo que está causando milhares de vítimas. É o que afirma o Bispo Ruperto Santos de Balanga recordando, em nota enviada à Fides, que “a misericórdia é coligada com a vida, ama e defende a vida. É sempre centrada na vida”.
Enquanto o Congresso registra uma participação maciça de batizados, vários grupos eclesiais laicais anunciaram que descerão às ruas em Manilha para estigmatizar a série de “execuções extrajudiciais” em andamento no país: “A Marcha pela vida” está marcada para 18 de fevereiro. Os leigos devem expressar sua contrariedade à campanha que fez até agora mais de 6.200 homicídios de presumíveis criminosos e traficantes de drogas. “Nós, leigos católicos filipinos, desejamos protestar contra toda forma de ameaça à vida e à dignidade humana promovida por organizações e autoridades econômicas, sociais e políticas”, afirma um comunicado enviado à Fides. “Queremos dizer ao nosso governo que somos contrários a esta cultura de morte”. (PA) (Agência Fides 17/1/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network