ÁSIA/IÊMEN - Agrava-se o balanço das vítimas entre as crianças por causa dos conflitos armados

Quinta, 12 Janeiro 2017 guerras  

Internet

Naham (Agência Fides) – A guerra no Iêmen começou em 2014 e se intensificou desde a intervenção da coalizão militar liderada por Riad em favor do presidente, Abdo Rabu Mansur Hadi. A partir de março de 2015, registrou-se no país a morte de cerca 1.400 crianças e ferimentos em outras 2140 por causa do conflito bélico. A denúncia chegou à Fides do UNICEF, que alerta também para a impossibilidade de utilizar as 2000 escolas do país, destruídas, gravemente danificadas ou usadas como abrigos para desalojados ou por motivos militares.
Segundo fontes locais, nos últimos dias, um bombardeamento nas redondezas de uma escola de ensino fundamental da cidade de Naham causou a morte de três meninas e um professor, além de cinco combatentes huthi que se encontravam em um veículo diante do edifício escolar.
(AP) (12/1/2017 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network