AMÉRICA/ARGENTINA - A droga está entre as novas formas de pobreza a ser enfrentada com urgência

Quarta, 21 Dezembro 2016 jovens   narcotráfico   cooperação  

Encontro com Dom Ariel Edgardo Torrado e Caritas

Buenos Aires (Agência Fides) – "Devemos ajudar a levantar quem caiu e impedir que outros façam o mesmo fim... Jamais poderemos substituir as famílias, mas como Igreja somos família de Deus e devemos fazer todo esforço para criar um espaço em que os jovens consigam sentir-se cuidados e protegidos": foi o que disse Dom Ariel Edgardo Torrado Mosconi, Bispo de Nueve de Julio, no encontro de coordenação de luta à droga na sua Diocese, na região norte de Buenos Aires.
O Bispo, diante de cerca de 30 pessoas, entre as quais 17 representantes de muitos distritos em que se divide a diocese, destacou que depois de um ano de monitoração na diocese sobre o flagelo da droga entre os jovens, "todos devemos nos empenhar para trabalhar na prevenção". E propôs a criação de centros de acolhimento e suporte em parceria com a Caritas: "devemos também mudar o pensamento recorrente de que a Caritas somente distribui roupas e comida. Hoje existem novas formas de pobreza que devemos enfrentar com urgência".
Do encontro participou também Pablo Vidal, da Pastoral da Caritas contra a toxicomania, para explicar o trabalho dos Centros de Bairro que trabalham neste campo. Citou como exemplo o Centro Caacupé, no centro de Buenos Aires, que na abertura em 2008 contava somente 7 jovens e hoje conta mais de mil famílias.
O encontro se concluiu com o compromisso de verificar a real possibilidade de criar um centro em cada distrito. A diocese de Nueve de Julio situada na região norte da "Grande Buenos Aires" tem uma superfície de 57.016 km2 e uma população de cerca de 410.000 habitantes, dos quais 91% católicos
(CE) (Agência Fides, 21/12/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network