ÁFRICA/RD CONGO - Aproxima-se o fim do mandato de Kabila; repressão nas redes sociais

Sexta, 16 Dezembro 2016 eleições   bispos   mídia  

Kinshasa (Agência Fides) - Continua a mediação dos Bispos católicos para encontrar uma solução política para o impasse na República Democrática do Congo (ver Fides 12/12/2016). As autoridades de Kinshasa se preparam para enfrentar as manifestações anunciadas pela oposição ligada a Etienne Tshisekedi, coincidindo com o final do segundo e último mandato do Presidente em fim de mandato, Joseph Kabila, à meia-noite de 19 de dezembro.
Nos últimos dias, foi decidida a suspensão do campeonato de futebol para evitar que o evento esportivo se transformasse em protestos políticos. Agora, o governo central decretou o filtro ou proibição de acesso às redes sociais a partir de domingo, 18 de dezembro. A ordem exige que os operadores de internet locais bloqueiem temporariamente qualquer troca de imagens, vídeos e mensagens de voz através de aplicações como Facebook, WhatsApp, Twitter, Skype, Google e outros.
Ao mesmo tempo, as autoridades da província do Kasai Oriental, feudo eleitoral da oposição e local de origem de Tshisekedi, impuseram a proibição às emissoras locais de transmitir programas de natureza política.
Human Rights Watch (HRW) emitiu um aviso afirmando temer que a RDC se afunde numa espiral de violência política se Kabila não deixar o poder no final de seu mandato. (L. M.) (Agência Fides 16/12/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network