ÁSIA/ÍNDIA - Igreja: uma nova política para os dalits

Quarta, 14 Dezembro 2016

Nova Délhi (Agência Fides) - Construir comunidades realmente inclusivas é um imperativo ético: motivada por esta intenção a Conferência Episcopal Indiana (Cbci) lançou uma nova política de inclusão, acompanhamento e desenvolvimento dos dalits (considerados sem casta), camadas mais pobres e marginalizadas da sociedade indiana.
Um documento apresentado pelo Cardeal Baselios Cleemi, presidente da Conferência, pelo arcebispo Kuriakose Bharanikulangara e pelo bispo Theodore Mascarenhas, secretário-geral da Conferência, explica que tal política quer ser um passo adiante para “desarraigar as práticas de intocabilidade e discriminação de casta em todos os níveis, melhorando as condições de vida dos dalits e sobretudo acompanhando os dalits cristãos que pedem tutela constitucional e justiça da parte do Estado”.
“A Igreja católica trabalha para o desenvolvimento dos dalits há muitos anos através de programas de desenvolvimento social e educacional. Agora, através da nova política para os dalits a Igreja na Índia quer se dedicar a eles através de uma abordagem mais sistemática”, explicou a Fides Pe. Zackarias Devasagayaraj, secretário do Departamento Cbci que cuida da pastoral para os dalits. “A nossa esperança é de que esta nova abordagem mude a vida de muitas comunidades dalits na Igreja Católica. Esperamos mostrar à sociedade civil uma nova mentalidade e uma nova modalidade de considerar os pobres e marginalizados como os dalits”, acrescentou. A nova política encontrou logo estimador. Pe. Ajaya Kumar Singh, ativista social e diretor do "Fórum para a ação social de Orissa" disse a Fides: "Trata-se de uma iniciativa histórica da Igreja na Índia hoje. É uma pedra fundamental para resolver a questão dos dalits na Índia. Quase 65% dos membros da comunidade católica indiana é formado por dalits. É essencial uma política para facilitar a sua inclusão em todo âmbito da sociedade e para garantir-lhes uma vida digna”.
Estou certo de que desta maneira os dalits poderão recuperar seus espaços. Conservamos de todo coração e esperança o compromisso para por fim às práticas de castas na Igreja e na sociedade. Espero que este documento seja uma luz para a comunidade”, afirmou.
Os dalits na Índia são muitas vezes vítimas de opressão. Pertencem às ex castas dos “intocáveis” dentro do sistema de castas hinduístas. Estima-se que mais da metade dos 25 milhões de cristãos na Índia seja dalits. (PA-SD) (Agência Fides 14/12/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network