ÁSIA/BANGLADESH - Crianças obrigadas a trabalhar 64 horas por semana

Sexta, 9 Dezembro 2016 trabalho infantil  

Internet

Daca (Agência Fides) - As crianças das favelas de Bangladesh são muitas vezes obrigadas a trabalhar 64 horas por semana nas fábricas têxteis de grandes marcas internacionais. É o que emerge de um estudo da organização inglesa Overseas Development Institute (ODI) publicado recentemente, ao qual Fides teve acesso. Estima-se que 15% das crianças entre 6 e 14 anos não vão à escola porque trabalham em período integral. A cifra sobe para 50% quando se trata de jovens com 14 anos. Dois terços das meninas que trabalham estão empregadas no setor têxtil, que representa 30.000 milhões de dólares na economia de Bangladesh, em plena expansão. Muitos menores gostariam de frequentar a escola, mas “a pobreza obriga os pais a procurarem um emprego para os próprios filhos, mesmo conscientes de que isso comporta graves riscos a longo prazo”, se lê no relatório. O responsável por um laboratório têxtil admitiu que na sua empresa há crianças na faixa etária entre 11 e 14 anos, mas não considera esta prática ilegal. Nem as autoridades bengalesas nem a indústria têxtil jamais objetaram esta situação.
(AP) (9/12/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network