ÁFRICA/RD CONGO - Crise política: “Um compromisso é possível, mas é preciso a boa vontade de todos”, afirmam os bispos

Segunda, 5 Dezembro 2016 bispos   eleições  
Dom Utembi Tapa

Dom Utembi Tapa

Kinshasa (Agência Fides) - “Um compromisso político ainda é possível se as partes envolvidas se comprometerem e derem prova de boa vontade. Continuamos disponíveis a oferecer os nossos bons propósitos”, afirma um comunicado da CENCO (Conferência Episcopal da República Democrática do Congo) enviado à Agência Fides.
O comunicado, assinado por Dom Marcel Utembi Tapa, Arcebispo de Kisangani e Presidente da CENCO, e por Dom Fridolin Ambongo Besengu, Arcebispo eleito de Mbandaka-Bikoro, Administrador Apostólico de Bokungu-Ikela e Vice-Presidente da CENCO, ressalta a mediação entre e maioria e a oposição solicitada aos Bispos pelo Presidente Joseph Kabila e com o apoio da comunidade internacional.
Os bispos afirmam que o trabalho de mediação “evidenciou que existem vários pontos de convergência entre as partes”, mas que permanecem divergências importantes nos seguintes assuntos: a respeito da Constituição e suas implicações com a crise atual; calendário eleitoral; financiamento das eleições; independência da Comissão Eleitoral Independente e do Conselho Superior dos meios audiovisuais congoleses; funcionamento das instituições durante o período de transição.
A CENCO faz a mediação entre maioria e oposição para estabelecer datas e procedimentos para as eleições presidenciais, que deveriam se realizar até dezembro de 2016, no final do segundo e último mandato de Kabila, e para decidir o governo provisório que deverá governar o país até as eleições. (L.M) (Agência Fides 5/12/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network