ÁFRICA - Luta contra a Aids: não só o desafio contra o vírus, mas promoção integral do desenvolvimento humano

Quinta, 1 Dezembro 2016 saúde  

AJAN

Kangemi (Agência Fides) – “Os jovens dispõem de um enorme potencial que, infelizmente, com frequência lhes é impedido de explorar da melhor forma possível”. É o que se lê na mensagem que o pe. Michael Lewis SJ, Presidente do Jesuit Superiors of Africa and Madagascar (JESAM), divulgou por ocasião do Dia Mundial de Luta contra a Aids, que se celebra em 1° de dezembro de 2016. “African Jesuit AIDS Network (AJAN) – prossegue o sacerdote jesuíta no texto enviado a Fides – faz questão de reiterar a firme convicção de que a luta contra a AIDS não diz respeito somente ao sexo nem ao simples desafio contra o vírus. Trata-se, sobretudo, de uma promoção integral do desenvolvimento humano, não menos importante entre os jovens, para lhes permitir viver a vida em plenitude e contribuir ativamente a levar avante uma sociedade livre da AIDS”.
Padre Michael continua: “Para enfrentar o fenômeno da Aids, é fundamental solicitar o potencial dos jovens para orientá-los a tomar as decisões justas e agir de maneira sábia. AJAN está promovendo este amadurecimento através de AHAPPY, um programa inovador baseado em valores cristãos, que já foi testado nas escolas católicas e em outros institutos de formação de nove países da África subsaariana”.
As estatísticas sobre a difusão da pandemia entre os jovens são preocupantes, destaca o sacerdote. O índice de incidência de novos contágios entre os adolescentes permanece particularmente elevado: uma média de 29 adolescentes são contagiados a cada hora em todo o mundo, as jovens desta faixa etária representam 75% dos novos casos na África subsaariana. No continente, a AIDS é a principal causa de morte entre os adolescentes. “AHAPPY tem a finalidade de encorajar um pensamento crítico e alimentar nos jovens o crescimento dos valores morais, de modo que sejam capazes de fazer escolhas saudáveis em todos os aspectos de sua vida”, conclui pe. Lewis.
(AP) (1/12/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network