AMÉRICA/HAITI - “Todas as vezes que salvamos uma vida, damos sentido e salvamos a nossa própria vida”, afirma um missionário camiliano

Quarta, 30 Novembro 2016 missionários  

Madian

Jérémie (Agência Fides) – Depois da passagem no início de outubro do furacão Matthew na ilha do Haiti, e em especial na pequena cidade de Jérémie, para fazer frente à emergência alimentar e de saúde prossegue a arrecadação e o envio de gêneros alimentícios e medicamentos. É o que afirma a Fides padre Antonio Menegon, MI, que com o pe. Massimo Miraglio, que atua na missão camiliana de Jérémie, planejou ações importantes para dar respostas concretas à população tão duramente atingida.
Entre estas ações, está o restabelecimento de clínicas móveis para socorrer as populações do interior, que são as mais afetadas, mediante uma primeira fase de distribuição de remédios e vacinas, e uma segunda fase de manutenção das atividades. Está prevista também a construção de vilarejos para dar uma casa às famílias às quais o furacão levou tudo e a reconstrução de um centro para idosos, que ficou destruído. “É fundamental - continua o missionário – a busca e a construção de poços para água potável, o restabelecimento o quanto antes daquilo que o furacão destruiu na nossa missão.”
“Muitas crianças não resistiram e morreram durante a fúria do furacão, muitas outras morrerão por causa da cólera em decorrência da falta de água potável; a vida delas nos pertence, são os nossos filhos. O bem que lhes fazemos, antes de tudo, o fazemos a nós mesmos, porque todas as vezes que salvamos uma só vida humana damos sentido e salvamos a nossa própria vida”.
(AM/AP) (30/11/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network