ÁSIA/TURQUIA - Nenhum processo para os autores das ameaças ao jornal armênio Agos

Terça, 29 Novembro 2016 áreas de crise   minorias religiosas  

Agos

Istambul (Agência Fides) – Foram libertados e não serão submetidos a nenhum processo os dois membros de uma organização ultranacionalista turca responsáveis de ameaças e intimidações contra o jornal Agos, semanal armênio bilíngue publicado em Istambul. É o que informa o próprio Agos no último número, confirmando que as autoridades judiciárias turcas dispuseram a libertação dos dois responsáveis pelas intimidações porque as palavras e gestos a eles atribuídos “não representam uma verdadeira ameaça”. Os militantes ultranacionalistas, segundo confirmado pelo atual diretor de Agos, Yetvart Danzikyan, haviam deposto uma coroa fúnebre de flores pretas diante da redação do jornal pronunciando a frase “Somos capazes de retornar em qualquer momento, durante a noite”. As mesas palavras – observou Danzikyan – haviam sido pronunciadas por desconhecidos contra o jornalista de origem armênia Hrant Dink, o diretor de Agos que sucessivamente, em 19 de janeiro de 2007, foi assassinado fora da sede do jornal. (GV) (Agência Fides 29/11/2016).
.


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network