ÁFRICA/MARROCOS - Associação marroquina propõe criar um centro para meninos de rua

Terça, 22 Novembro 2016 meninos de rua  

Internet

Nador (Agência Fides) - Para enfrentar o fenômeno dos meninos de rua, a Associação dos Marroquinos Residentes na Espanha propôs a construção de um centro de acolhimento e orientação profissional para menores estrangeiros não acompanhados na cidade portuária marroquina de Nador, a poucos quilômetros de distância da região espanhola de Melilla. Segundo informações enviadas a Fides, o espaço seria para a escolarização dos meninos de rua e sua orientação na inserção do mundo do trabalho. Segundo os responsáveis pela Associação, Melilla assim como Nador são locais de trânsito para esses menores, cujo objetivo é alcançar a península e outros países europeus em busca de um futuro melhor. Muitos deles fazem isso para ajudar suas respectivas famílias que têm recursos econômicos limitados. Conforme o que foi relatado pelas crianças que vivem nas ruas, a maioria das que se encontram na região de Nador e Beni Enzar vem de Fez. Elas se organizam em grupos e vivem de esmolas até que conseguem escapar dos controles nos postos fronteiriços e entrar em Melilla. No entanto, há também outra realidade, refere a Associação: são crianças que chegam a Melilla com a documentação em ordem e acompanhadas por membros da família. (AP) (22/11/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network