AMÉRICA/COLÔMBIA - Dois milhões e quinhentas mil crianças vítimas de conflitos armados

Terça, 15 Novembro 2016 menores  

Internet

Cali (Agência Fides) - Os prejuízos causados pela guerra às crianças colombianas continuam repercutindo em sua existência. Ânsia e depressão, problemas comportamentais, sociais, de atenção e concentração entre os mais difundidos. Foi o que emergiu no VI Congresso Internacional de Pedagogia e Infância: Construção da Paz da Primeira Infância, de La Sabana, município colombiano de Chia. O conflito armado deixou 2 milhões e quinhentas mil crianças vítimas, segundo as cifras da Unidade de Vítimas publicadas num estudo da Universidade de La Sabana. No Congresso, segundo informações obtidas por Fides, foram abordados os traumas sofridos pelos menores, cifras de várias instituições que mostram a gravidade da violência contra as crianças em relação ao conflito.
“Paranoia, atraso na aprendizagem, medo de se lavar ou vestir sozinhos, brincadeiras violentas, incontinência, insônia, pesadelos, apatia e agressividade, são as manifestações principais que apresentam os menores que sofreram violência”, indica um dos estudos.
Dentre as áreas do país mais afetadas pela guerra, as populações do norte da região são historicamente as mais afetadas pelos atentados guerrilheiros. Nos dois departamentos de El Valle e Cauca foram registrados mais de 170 mil vítimas entre menores, a maior parte por sequestros, atentados terroristas, abuso sexual ou recrutamento. (AP) (15/11/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network