ÁFRICA/ÁFRICA DO SUL - Os fiéis sul-africanos mobilizados para ajudar o Haiti, abalado pelo furacão Matthew

Segunda, 14 Novembro 2016 catástrofes naturais   solidariedade  

Johannesburg (Agência Fides) – Uma coleta especial para o Haiti nas três últimas semanas de novembro: é a iniciativa lançada por Dom Sithembele Sipuka, Bispo de Umtata e Vice-Presidente da SACBC (Southern African Catholic Bishops' Conference). Haiti está de joelhos por causa do furacão Matthew, que com seus ventos de mais de 230 km, atingiu o país caribenho no dia 4 de outubro provocando inundações, destruindo casas e desenraizando árvores.
Segundo o departamento de Defesa Civil do Haiti, 546 pessoas morreram e ainda há 128 dispersas. Os feridos são 439 e mais de 175.500 perderam suas casas. Segundo a ONU, 1 milhão e 400 mil pessoas precisam de urgentes ajudas na nação caribenha.
“Os prejuízos provocados pelo furacão são os piores na história do Haiti” sublinhou Dom Sithembele, recordando que os sobreviventes necessitam de alimentos, água potável e cuidados médicos. As verbas recolhidas pelos fiéis sul-africanos serão doadas no fim de novembro à Conferência Episcopal do Haiti, assim como as que chegarão depois daquela data.
(L.M.) (Agência Fides 14/11/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network