ÁSIA/SÍRIA - Vigário patriarcal sírio-ortodoxo de Aleppo, ferido por um franco-atirador: “Compartilho a cruz de quem sofre”

Terça, 8 Novembro 2016 cristianismo   minorias religiosas   guerras   ecumenismo  

OpS

Vigário patriarcal sírio-ortodoxo Boutros

Aleppo (Agência Fides) – “Agradeço a Deus que me protegeu e manteve em vida. Agradeço a Deus porque nesta condição e nesta experiência posso compartilhar a mesma cruz de tanta gente que sofre hoje na Síria, especialmente em Aleppo. Todo dia sofremos agressões e bombardeios, todos os dias pessoas são feridas e morrem. Estou feliz por saborear a amargura da cruz em comunhão com Cristo e com tantos inocentes que sofrem. Temos a certeza de que a morte não é a última palavra, mas que o fim é a Ressurreição”: é o que declara à Agência Fides Dom Raban Boutros Kassis, Vigário patriarcal sírio-ortodoxo de Aleppo, ferido por dois tiros no ombro enquanto retornava em auto à sua cidade. O prelado se encontra no hospital católico S. Louis de Aleppo e está fora de perigo. No dia 6 de novembro, o Vigário percorria a estrada que une Homs a Aleppo, quando alguns tiros, disparados por franco-atiradores, alcançaram o automóvel, ferindo-o no ombro. A estrada se encontra em uma área controlada por tropas governamentais sírias, mas é fechada à noite porque grupos terroristas colocam minas no local. O motorista levou rapidamente o Vigário ao hospital católico onde foi submetido a cirurgia para remover os projéteis. (PA) (Agência Fides 8/11/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network