AMÉRICA/VENEZUELA - Dom Roberto Lückert: o referendum deve ser o tema principal do diálogo

Segunda, 7 Novembro 2016 áreas de crise   bispos   democracia   pobreza  

Dom Roberto Lückert

Coro (Agência Fides) – O Bispo da diocese de Coro, Dom Roberto Lückert, concedeu uma longa entrevista ao jornal venezuelano “El Impulso”, na qual agradece à delegação vaticana e sinaliza que esta "tomará consciência da grave situação que a Venezuela está vivendo: a angústia da população diante da falta de víveres e de remédios, a perseguição e a prisão para os dissidentes políticos e a suspensão do referendum”.
Na entrevista, enviada a Fides, o Bispo assim se expressa: "O governo deve mudar o seu modo de exercitar o poder: agora todos aqueles que manifestam são considerados inimigos, são levados para a prisão, são lançados em chiqueiros, onde são espezinhados os direitos humanos". "O problema dos que estão no governo é que têm medo de perder o poder. Infelizmente, o panorama que têm diante neste momento não é a Venezuela, mas o medo de ir para a cadeia. Não há sensibilidade. Há containers de remédios na alfândega, enviados à Caritas, e não podem ser retirados. Esses remédios devem ser entregues às paróquias".
Dom Lückert afirma apreciar os esforços realizados pelo Papa Francisco para tentar levar as duas partes a concordar dois ou três pontos, e “um deles deve ser o referendum, que deveria chegar à mesa de diálogo como o fato mais importante para a Venezuela".
(CE) (Agência Fides, 07/11/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network