ÁFRICA/NIGÉRIA - Mulher linchada por blasfêmia: absolvidos os cinco acusados

Sexta, 4 Novembro 2016 blasfêmia  

Kano (Agência Fides) – Foram absolvidos os cinco homens acusados de lincharem um mulher acusada de blasfêmia na cidade de Kano, no norte da Nigéria. Em 2 de junho, Bridget Patience Agbahime, uma vendedora ambulante de fé cristã de 74 anos, originária do Estado meridional de Imo, foi agredida até a morte por uma multidão enfurecida, depois que um jovem com o qual havia discutido começou a gritar que a mulher tinha insultado o profeta Maomé. Um fato que foi desmentido por testemunhas ou por quem conhecia a vítima como uma pessoa que respeitava o próximo.
Cinco pessoas foram presas pela polícia acusadas de matar a mulher. Em 3 de novembro, o tribunal de Kano as absolveu completamente.
Em 29 de maio, em Pandogari, no Estado nigeriano de Niger, foi assassinado com modalidades semelhantes um vendedor ambulante de 24 anos, Methodus Chimaije Emmanuel, também ele depois de ser acusado de blasfêmia.
Os dois brutais homicídios haviam sido condenados pela maior associação islâmica na Nigéria, a Jama'atu Nasril Islam, cujo líder, Sultão de Sokoto, Muhammadu Sa'ad Abubakar, havia declarado: “Estes terríveis incidentes devem ser absolutamente condenados e vistos como episódios criminosos, perpetrados por descrentes e criminosos, e não islâmicos”. (L.M.) (Fides 4/11/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network