AMÉRICA/VENEZUELA - Grupos políticos confiam na mediação da Igreja para um verdadeiro diálogo

Sexta, 4 Novembro 2016 democracia   violência   pobreza   bispos  

eluniversal.com

Dom Fernando José Castro Aguayo

Margarita (Agência Fides) – Os membros do partido Voluntad Popular, acompanhados por aliados e líderes do grupo político Mesa de la Unidad Democrática (MUD), se encontraram ontem, 3 de novembro, com o Bispo da diocese de Margarita, Dom Fernando José Castro Aguayo, a quem entregaram um documento denunciando a atitude de intimidação do governo nacional em relação a estes.
O grupo foi recebido pelo Bispo após uma marcha iniciada na Praça Bolivar de La Asuncion até a Cúria. Dom Castro Aguayo, no encontro, destacou que a Igreja, com seus representantes inclusive do Vaticano, desempenha um papel de facilitadora do diálogo, mas isto não é bem-visto nem bem acolhido por todos os setores políticos do país. “É um percurso espinhoso, mas é preciso atravessá-lo, porque devem saber que a vida de cada um de vocês vale muito” disse o Bispo aos presentes.
Juan Bautista Mata, responsável regional de Voluntad Popular, agradeceu a Igreja e o Vaticano, mas recordou que o governo nacional continua a agredir verbalmente o grupo com ataques políticos: “O Presidente da República, Nicolas Maduro, nos chamou de terroristas somente porque pensamos de modo diverso deles. Mas não somos terroristas; portanto, entregamos este documento ao nosso Bispo Fernando Castro Aguayo para que informe seus superiores”.
O enviado do Santo Padre, Dom Claudio Maria Celli, está encontrando nestes dias as autoridades, para abrir uma mesa de diálogo e reduzir a tensão que reina entre os diferentes grupos sociais e políticos do país. Em 30 de outubro, realizou-se o primeiro encontro para estabelecer um calendário, mas o caminho será longo e difícil. A Igreja, com seu apelo para colocar um fim a esta situação de confronto e conflito entre dois setores do povo venezuelano, é vista como um ponto de referência para o diálogo definitivo (veja Fides 25/10/2016 e 27/10/2016).
(CE) (Agência Fides, 04/11/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network