OCEANIA/AUSTRÁLIA - Maior engajamento dos católicos na política: nasce o Instituto Glynn

Sexta, 21 Outubro 2016 política   evangelização   migrantes   sociedade civil   solidariedade   formação   universidade  

Sidney (Agência Fides) - É intitulado a Patrick McMahon Glynn, um dos artífices da Constituição australiana, o novo instituto católico criado na Australian Catholic University de Sidney para oferecer à comunidade católica no novíssimo continente a capacidade de analisar as questões de política pública e estudar caminhos e prospectivas para o bem comum.
Como apurado por Fides, o Instituto, inaugurado oficialmente em 13 de outubro, será um think-tank independente e servirá, explicou o diretor Michael Casey, a apoiar o trabalho que a Igreja Católica, em todas as suas articulações, realiza em benefício de toda a comunidade dos cidadãos australianos. O Instituto iniciou os seus trabalhos com um seminário que tocou quatro palavras-chave para a presença dos batizados na vida pública: medo e raiva, esperança e confiança, com o objetivo de "reformular a própria mensagem" no cenário público.
A tarefa do instituto será contribuir a uma reflexão mais profunda sobre problemas que se apresentam no debate político e social: enfrentará temas, desafios, problemas importantes para os australianos e a Austrália no seu conjunto, como, por exemplo, a questão dos migrantes, a presença e a inserção social dos refugiados sírios, o papel da consciência pessoal na medicina e as questões que tocam os direitos humanos.
Patrick McMahon Glynn, a quem é intitulado o Instituto, foi um dos redatores da Constituição australiana: "Hoje é uma excelente fonte de inspiração para este trabalho. Escritor prolífico, pesquisador escrupuloso, imensamente preparado; era um católico que, como homem e como cidadão, viveu sua vida pelo bem comum e pelo futuro do seu país", destacou Casey. (PA) (Agência Fides 21/10/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network
política


evangelização


migrantes


sociedade civil


solidariedade


formação


universidade