ÁSIA/TERRA SANTA - “Contributo pessoal” do Presidente palestino Mahmud Abbas para os restauros da Edícula do Santo Sepulcro

Terça, 18 Outubro 2016 igrejas locais   lugares santos  

lpj.org



Ramallah (Agência Fides) – O Presidente palestino Mahmud Abbas ofereceu, como uma “contribuição pessoal” uma doação para financiar as obras de reforma da edícula do Santo Sepulcro. A notícia, referida pela mídia oficial palestina, foi divulgada no contexto da visita realizada em 17 de outubro ao Presidente Abbas por representantes das Igrejas que administram o Santo Sepulcro. Da ampla delegação recebida em Ramallah, na sede do Presidente palestino, constavam, entre outros, o Patriarca greco-ortodoxo de Jerusalém Theophilos III, o Patriarca armênio apostólico de Jerusalém Nourhan Manougian e frei Francesco Patton OFM, Custódio da Terra Santa. “A Basílica do Santo Sepulcro” afirmou o Presidente palestino durante o encontro com a delegação das Igrejas cristãs “é um símbolo nacional e religioso para o povo palestino. Temos o dever de cuidar, proteger e contribuir para seu restauro. Assim, decidimos oferecer uma contribuição pessoal à reforma em curso do Túmulo de Cristo". Também participou do encontro em Ramallah o Dr. Issa Kassissyeh, embaixador palestino junto à Santa Sé.
Os restauros da Edícula do Santo Sepulcro tiveram início em 8 de maio passado. A maior parte das intervenções mais rumorosas se realiza à noite, com o uso de furadoras e pneus hidráulicos. O projeto de requalificação, com um custo de 3,3 milhões de dólares, é financiado pelas Igrejas Católica, greco-ortodoxa e armênia-palestina. No mês de abril, o Rei da Jordânia, Abdallah II já havia enviado, sob forma de “beneficência real” (Makruma) uma consistente doação pessoal em favor do projeto. A Custódia franciscana da Terra Santa, por meio de seus canais oficiais, fornece periodicamente atualizações sobre o estado de avançamento das obras. (GV) (Agência Fides 18/10/2016).


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network