ÁFRICA/REPÚBLICA CENTRO-AFRICANA - “Combates no 5o km depois do assassinato de um comandante militar” informam fontes da Fides

Quarta, 5 Outubro 2016 grupos armados  

Bangui (Agência Fides) - Um comandante do exército centro-africano, Marcel Mombeka, foi morto ontem de manhã nas redondezas do km 5, o bairro muçulmano da capital da República Centro-africana, Bangui. No atentado, ficou ferido o filho do militar, de 14 anos.
“A dinâmica do homicídio do comandante parece ser a de um acerto de contas e não um ataque do Seleka, a ex-rebelião protagonista da guerra civil, é o que pensa uma parte da população”, diz à Agência Fides uma fonte local que pediu o anonimato por razões de segurança.
“Os militares fiéis a ele mobilizaram-se imediatamente para vingá-lo; começou uma série de tiroteios entre eles e os grupos armados que controlam o km 5. Combateu-se toda a tarde de ontem até a noite, inclusive com armas pesadas, atrás da paróquia do bairro. Na frente da paróquia foram erguidas barreiras, enquanto os moradores foram forçados a fugir”.
“Hoje, talvez devido à chuva que cai desde a manhã, a situação está mais calma. As ruas do bairro estão desertas e o clima é tenso. Não é possível obter outras informações porque ainda é perigoso chegar até o km 5 e será necessário esperar outros dias para termos um saldo das vítimas dos combates”, conclui a nossa fonte. (L.M.) (Agência Fides 5/10/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network