ÁSIA/IRAQUE - Os Patriarcas das Igrejas sírio e de Antioquia pedem que a etnia “sira” seja reconhecida e citada na Constituição iraquiana

Segunda, 3 Outubro 2016 igrejas orientais   política  

syriacpatriarchate.org

Beirute (Agência Fides) – Os dois primazes das Igreja da Síria e de Antioquia – o Patriarca sírio-ortodoxo Ignatius Aphrem II e o Patriarca sírio-católico Ignace Youssif III Younan – assinaram e enviaram uma carta aos máximos representantes das instituições iraquianas (Chefe de Estado, Primeiro-Ministro e Presidente do Parlamento) para pedir que a Constituição reconheça e inclua a etnia “sira” entre os membros étnicos do Iraque citados pela carta constitucional. Esta medida foi solicitada pelos dois patriarcas como ato devido para garantir “o direito do nosso povo”. A assinatura conjunta das cartas ocorreu no sábado, 1° de outubro, por ocasião da visita feita pelo Patriarca sírio-católico Ignatius Youssif III à residência patriarcal no Mosteiro de Mor Yacoub Baradeus em Atchaneh, Bikfaya, onde há pouco se concluiu o Sínodo da Igreja sírio-ortodoxa.
A tendência a se identificar e reivindicar a própria natureza de componentes “étnicos” condiciona de maneira recorrente e, às vezes, contravertida a vida das Igrejas e das comunidades cristãs orientais. Recentemente, os dois Primazes já haviam assinado no campo político-institucional (veja Fides 11/5/2016) um documento para pedir que uma cadeira no Parlamento libanês fosse reservada a um representante político pertencente à Igreja sírio-ortodoxa, e outra cadeira fosse garantida por regulamento a um representante da comunidade sírio-católica. (GV) (Agência Fides 3/10/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network