ÁSIA/ÍNDIA - Balaknama: o jornal dos meninos de rua

Segunda, 3 Outubro 2016 meninos de rua  

Internet

Nova Délhi (Agência Fides) – Em Nova Délhi, existe um periódico escrito e publicado pelos meninos de rua. Chama-se Balaknama, que em hindi significa “Voz das Crianças”, e traz artigos autênticos e penetrantes que vão do abuso sexual ao trabalho infantil ou às violências de rua, tratados todos a partir da perspectiva de vítimas reais. Todavia, os jovens que participam desta aventura contam também histórias de esperança sobre fatos positivos que acontecem nas ruas. As crianças que trabalham para este famoso jornal têm origens diferentes. Por exemplo, o atual editor, que tem 17 anos, para sobreviver lava carros durante o dia. Outros são garis, trabalhadores ocasionais em bares nas ruas, nas estações de ônibus ou nas estações ferroviárias. Para menores como eles, Balaknama é um modo de contar às pessoas os problemas que enfrentam diariamente. Muitos não sabem nem ler nem escrever. Amigos e colegas se oferecem para transcrever suas histórias para o periódico. Não tendo a possibilidade de ter acesso a internet ou fax, a maior parte dos ‘repórteres’ narra por telefono aos colegas do escritório de Nova Délhi a própria reportagem. Fazem uma reunião editorial duas vezes por mês para decidir quais histórias publicar. O jornal os visita no local de trabalho para ouvir e reunir suas histórias. Em circulação desde 2003, o periódico de oito páginas cobre sete cidades e se tornou parte da vida de cerca de 10 mil meninos de rua. Segundo as estimativas do governo indiano, no país existem mais de 400 mil meninos de rua, 314.700 entre Bombaim, Calcutá, Madrás, Kanpur, Bangalore e Hyderabad e cerca de 100 mil somente em Nova Délhi.
(AP) (3/10/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network