AMÉRICA/NICARÁGUA - “Nica Act”: para o Card. Brenes “serão os mais pobres a pagar”

Quarta, 28 Setembro 2016 política   pobreza   bispos  

Card. Brenes

Manágua (Agência Fides) – No início da semana passada, a Câmara dos representantes dos Estados Unidos aprovou uma proposta de lei, o “Nicaraguan investment conditionality act”, rebatizada “Nica Act”, que prevê sanções contra o Governo de Daniel Ortega. A disposição terá como consequência inicial o impedimento da Nicarágua acessar a fundos internacionais. O governo da Nicarágua, em nota de imprensa, rejeitou o "Nica Act", definindo-o uma grave violação do Direito Internacional e da Carta das Nações Unidas.
O Arcebispo de Manágua, Card. Leopoldo Brenes, comentou: “Não há dúvidas que esta iniciativa terá impacto no campo econômico, seja para os privados como para a população pobre. Muitos programas realizados no país através de ajudas serão comprometidos. Nosso governo deveria procurar um plano alternativo porque é responsável pelo progresso e o desenvolvimento do povo nicaraguense” prosseguiu o Cardeal, concluindo: “este plano deveria tutelar principalmente a população mais pobre, a fim de que não seja afetada tão duramente”.
Segundo dados apurados pela Fides, este projeto de lei dos Estados Unidos será uma pressão a fim de que as próximas eleições de 6 de novembro na Nicarágua sejam livres e monitoradas por observadores internacionais.
(CE) (Agência Fides, 28/09/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network