ÁFRICA/RD CONGO - Confrontos em Kananga, situação política no impasse. Kabila recebido pelo Papa Francisco

Segunda, 26 Setembro 2016 grupos armados  
Catedral de Kananga

Catedral de Kananga

Kinshasa (Agência Fides) - Mais de cem pessoas morreram em confrontos entre os seguidores de Kamwena Nsapu, líder tribal morto em agosto, e as forças de segurança que protegem o Aeroporto de Kananga, capital da província do Kasai-Central, no centro da República Democrática do Congo. Os confrontos eclodiram, em 22 de setembro, quando os seguidores de Kamwena Nsapu atacaram o aeroporto, assumindo o controle até a tarde do dia 23, quando, depois de combates intensos, as forças de segurança conseguiram expulsá-los. A maioria das vítimas era rebeldes e pelo menos oito soldados morreram.
Kamwena Nsapu foi morto em 12 de agosto, em confrontos com a Polícia. O líder tribal tinha desafiado as autoridades do Estado, afirmando ter criado uma milícia para expulsar a Polícia de seu território.
Enquanto isso, permanece o impasse político depois de ter sido suspenso o “diálogo nacional” entre a maioria e a oposição na sequência dos graves episódios ocorridos na capital Kinshasa nos últimos dias.
Hoje, 26 de setembro, o Presidente congolês, Joseph Kabila Kabange, foi recebido no Vaticano pelo Papa Francisco. (L.M.) (Agência Fides 26/9/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network