AMÉRICA/ARGENTINA - Chanes e guaranis pedem ajuda ao bispo: "Não temos outra maneira de fazer ouvir nossas vozes"

Terça, 13 Setembro 2016 indígenas   áreas de crise   fome   igrejas locais  

Crianças guarani

Aguaray (Agência Fides) - A população nativa do extremo norte da Argentina, perto da fronteira com a Bolívia e o Paraguai, pediu ao Bispo de Oran, Dom Gustavo Óscar Zanchetta, para intervir junto do Governo, provincial e nacional, a fim de que as autoridades respondam às suas necessidades urgentes. As comunidades que vivem nos municípios de Aguaray e Coronel Cornejo pertencem às etnias chanes e guaranis.
A nota enviada pelo jornal El Tribuno a Fides informa que os grupos nativos já estão cansados de promessas e reuniões que não resolvem nada: "Quando um fato trágico é publicado na imprensa, como a morte dos dois irmãozinhos wichis por causa da desnutrição, os ministros responsáveis por Assuntos Indígenas e pela Infância começaram a convocar encontros realizados em Tartagal. Mas já estamos cansados, porque é sempre a mesma coisa: nos convidam para um encontro, se fala, mas as soluções nunca chegam", declarou um dos líderes.
Outro líder, Miguel Angel Humberto, da comunidade Iquira, perto de Aguaray, contou: "Há muitas crianças aborígenes que morrem, não somente aquele dois irmãos que saíram na imprensa, há muitas crianças e adultos que morrem por falta de tratamento médico. Se alguém vier visitar as comunidades, vai perceber que mais da metade das crianças está abaixo do peso, porque o que falta na comunidade é comida. Eis porque no nosso pedido ao governo provincial está também a abertura de refeitórios, porque os ‘subsídios sociais’ não são suficientes para a alimentação diária".
"A decisão de pedir ao nosso Bispo Zanchetta de acompanhar-nos na busca de soluções foi concordada pelos líderes de muitas comunidades, porque não temos outro modo para nos fazer ouvir", explicou o responsável dos líderes Palavecino. Poucas semanas atrás, Dom Gustavo Óscar Zanchetta resolveu uma situação muito delicada entre os trabalhadores de Tabacal e o governo Provincial.
(CE) (Agência Fides, 13/09/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network