AMÉRICA/BOLÍVIA - Nasce em Oruro um "Comitê pela Paz" para deter a violência

Sexta, 2 Setembro 2016 violência   bispos   direitos humanos  
Cristóbal Bialasik, Bispo da Diocese de Oruro

Cristóbal Bialasik, Bispo da Diocese de Oruro

Oruro (Agência Fides) - A Federação Departamental de Cooperativas de Extração de Minério de Oruro, juntamente com o Bispo da Diocese de Oruro, Dom Krzysztof Bialasik Wawrowska, SVD, anunciaram a formação de uma Comissão para a Paz que tentará favorecer os contatos dos grupos com as autoridades e evitar mais conflitos, conforme a nota enviada a Fides por uma fonte local.
A Comissão é formada por Eduardo Berdeja da cooperativa Poopó, Andrés Villva da cooperativa La Salvadora, e por Isaac Meneses da cooperativa Nuovo San José. Eles têm a tarefa de criar uma realidade semelhante a nível nacional. Berdeja explica na nota que a decisão de formar esta comissão foi tomada na sequência da suposta perseguição dos líderes neste setor. Dom Bialasik manifestou a sua intenção de contribuir para o alcance da paz e a tranquilidade, após o conflito que já matou quatro mineiros e o vice-ministro Rodolfo Illanes.
O Bispo de Oruro recordou a preocupação da Igreja de deter definitivamente a violência que o país está vivendo, expressa numa declaração (veja Fides 29/08/2016), e concluiu: "Sabemos que a violência gera violência e devemos alcançar a paz, para nos sentar com as autoridades numa mesa redonda e expor os problemas". (CE) (Agência Fides, 02/09/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network