ÁSIA/ÍNDIA - Pastor protestante espancado por militantes hinduístas

Sábado, 27 Agosto 2016 hinduísmo   violência   minorias religiosas   perseguições  

Nova Délhi (Agência Fides) - Um homem chamado Sunny Tyagi, que se converteu ao Cristianismo e tornou-se um pastor protestante, foi espancado por uma multidão de radicais hinduístas que invadiu uma casa particular onde se realizava um encontro de oração no distrito de Gonda, no Estado indiano de Uttar Pradesh. Foi o que relatou a Fides Sajan K. George, presidente do Conselho Global de Cristãos Indianos (Gcic).
Em 26 de agosto de 2016, em torno de 08h, o Pastor Sunny Tyagi da Igreja da Assembleia de crentes estava dirigindo uma liturgia na casa de um fiel, quando de repente dez militantes radicais hinduístas invadiram a moradia e interromperam o encontro, ameaçando os fiéis e espancando o pastor, gritando a uma suposta obra de proselitismo.
“O pastor – explica Sajan K. George – não estava realizando nenhuma atividade criminosa e não fazia nada de inconstitucional: foi agredido sem algum motivo e sem ter feito nenhuma provocação. Foi um gesto de violência gratuita e uma violação da liberdade religiosa garantida pela Constituição indiana. O Conselho Global dos cristãos indianos condena firmemente o ocorrido e pede à Comissão nacional de direitos humanos que indague e faça justiça”. (NC-PA) (Agência Fides 27/8/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network