ÁSIA/ÍNDIA - Intolerância e violência contra cristãos pentecostais

Terça, 23 Agosto 2016 minorias religiosas   liberdade religiosa   violência   hinduísmo   direitos humanos  

Nova Délhi (Agência Fides) – “Há uma crescente intolerância e hostilidade com as pequenas comunidades de cristãos pentecostais, a quem não é permitido agir como garantido na Constituição”: é o que diz à Agência Fides Sajan K. George, presidente do Conselho global dos cristãos indianos (Gcic), recordando os últimos episódios de violência sofridos por pastores protestantes pentecostais.
Em 20 de agosto, o Pastor Roy, da "Sharon Fellowship Town Church" foi atingido com pedras por extremistas em Kodungallur, no estado de Kerala. O Pastor Roy explicou que nos últimos 5 anos, durante as liturgias dominicais, sempre houve tensão devido à presença de militantes extremistas hindus que querem interromper as celebrações de culto.
Em outro episódio recente, em Bangalore, em Karnataka, em 18 de agosto, um líder cristão evangelista de 26 anos, da Thadou Christian Fellowship Church, foi agredido com pontapés por cinco homens, depois de visitar um amigo em um encontro de oração.
Segundo as comunidades pentecostais, os ataques estão aumentando. Falando à Fides, Sajan K. George declarou: “Os pastores não estão fazendo nada de ilegal nem causam problemas de ordem pública ou segurança. São os militantes que praticam violências gratuitas contra cristãos inocentes. É o Estado que deve dar uma resposta institucional, deter as violências e garantir o estado de direito”. (NC-PA) (Agência Fides 23/8/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network