ÁFRICA/QUÊNIA - "Instituir capelães nas escolas para ajudar os alunos vulneráveis que cometem violência"

Segunda, 22 Agosto 2016 escolarização  

Nairóbi (Agência Fides) - "Observamos com preocupação que a maioria dos alunos envolvidos nos incêndios das escolas são jovens vulneráveis de famílias em dificuldade, enquanto outros são órfãos", disse Dom Maurice Muhatia Makumba, Bispo de Nakuru e Presidente da Comissão para a Educação e Ensino Religioso da Conferência Episcopal do Quênia, em seu discurso na conferência dos Diretores das escolas católicas (veja Fides 20/8/2016), na qual foram destacados os graves casos de desordens e incêndios de vários estabelecimentos de ensino ocorridos recentemente em todo o país.
Dom Makumba propõe iniciar programas de apoio às famílias dos jovens com dificuldades, “organizados pelo Ministério em parceria com organizações religiosas, que deveriam ser ajudadas na execução de programas de formação para estudantes através da institucionalização de serviços de capelania em todas as escolas”.
Na Conferência, o Ministro da educação do Quênia, Fred O. Matiang’i, assegurou “que está trabalhando em um novo esquema de serviço dirigido a permitir ao governo atribuir capelães das igrejas principais a escolas de ensino médio a partir do próximo ano fiscal”.
(L.M.) (Agência Fides 22/8/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network