ÁFRICA/RD CONGO - Sequestrados e rapidamente libertados três agentes da Caritas

Quarta, 17 Agosto 2016 caritas   grupos armados  

Kinshasa (Agência Fides) – Foram libertados os três agentes da Caritas no norte da República Democrática do Congo sequestrados ontem, 16 de agosto, em Mweso, no Kivu do Norte, quando o comboio de dois veículos da Caritas foi interditado por dois homens armados que forçaram os agentes a segui-los na floresta. Segundo a polícia, os sequestradores teriam pedido um resgate de 20 mil dólares para libertar os reféns.
Os três reféns foram soltos na mesma noite do sequestro, sem o pagamento de resgate, graças à mediação dos líderes locais e da Missão da ONU na República Democrática do Congo (MONUSCO).
Dois jornalistas alemães também viajavam com o pessoal da Caritas. Um deles ficou ferido na perna. O comboio da Caritas estava se dirigindo à localidade de Mpati para supervisionar a feira agrícola patrocinada pela organização de assistência católica em favor da população local.
Na área de Mweso, pelo menos nove grupos armados são ativos, mas a população local lamenta o fato que não estão presentes nem o exército regular congolês nem os Capacetes Azuis da MONUSCO. (L.M.) (Agência Fides 17/8/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network