ÁSIA/JORDÂNIA - Católicos e ortodoxos respondem juntos à emergência humanitária. Caritas Jordânia apresenta o projeto PEER

Terça, 9 Agosto 2016 caritas   refugiados  

CaritasJordan

Amã (Agência Fides) – As emergências humanitárias que afetam o Oriente Médio, em meio a conflitos e fugas de massa de situações bélicas, solicitam respostas comuns dos cristãos membros de diferentes denominações. Um testemunho desta solicitude humanitária, caracterizada por um respiro ecumênico, é o projeto PEER (Preparing to Excel in Emergency Response), apresentado segunda-feira, 8 de agosto, no centro de congressos de um hotel de Amã. O projeto, realizado com o apoio da Caritas Jordânia e da Catholic Relief Services (CRS), tem o objetivo de aumentar as sinergias e as capacidades de interação entre grupos cristãos que estão engajados na Jordânia em diversos programas de combate às emergências humanitárias, para tornar mais eficazes e rápidas as intervenções realizadas no campo por cada realidade e comunidade. Dentre os dez grupos de trabalho envolvidos até agora no projeto, estão também comunidades da juventude cristã greco-ortodoxa e ONGs como a Orthodox Progress Association. Em seu pronunciamento na abertura, o Dr. Wael Suleiman, Diretor geral da Caritas Jordânia, ressaltou que o projeto de coordenação vai apoiar a colaboração de realidades diferentes que atuam principalmente em favor dos refugiados e pessoas que vivem em estado de necessidade. Participaram do encontro de lançamento do projeto – informa uma nota da Caritas Jordânia enviada à Agência Fides – Jocelyn Braddock, Diretora dos programas de assistência apoiados pela CRS Líbano, que em seu pronunciamento sublinhou a utilidade e a urgência de envolver realidades e instituições locais na realização dos projetos atuados para enfrentar as emergências humanitárias que afligem a área médio-oriental. (GV) (Agência Fides 9/8/2016).


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network