AMÉRICA/PANAMÁ - JMJ 2019: de Cracóvia a Panamá, a primeira diocese fundada na América

Segunda, 1 Agosto 2016 jovens   animação missionária   santa sé  

Panamá, sede da JMJ 2019

Cidade de Panamá (Agência Fides) – Após o anúncio que Panamá será a sede da próxima Jornada Mundial da Juventude de 2019, os Bispos presentes em Cracóvia expressaram grande satisfação, assegurando que Panamá está à altura de organizar a JMJ de 2019.

O Cardeal José Luis Lacunza, bispo da diocese de David (Panamá) disse ontem em Cracóvia que “não obstante as dúvidas de muitos, Panamá será certamente capaz de organizar a Jornada Mundial da Juventude 2019, um encontro que servirá para despertar os jovens, não apenas no Panamá, mas em toda a América Latina".

O Arcebispo de Panamá, Dom José Domingo Ulloa, em um breve pronunciamento, disse que a próxima Jornada da Juventude no Panamá “será um bálsamo para os jovens da América Central”, região em que “a grande maioria dos jovens vive na pobreza e vivem sob o risco da migração, do tráfico de drogas e da violência. Eis porquê a JMJ será um estímulo para que os jovens da América Central consigam encontrar o caminho de Deus”. Dom Ulloa recordou depois que Panamá é a primeira diocese fundada na América, em 1513, de onde partiu a evangelização de todo o continente. (CE) (Agência Fides, 01/08/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network