ÁFRICA/NIGÉRIA - 240 mil crianças com desnutrição aguda devido à crise humanitária causada por Boko Haram

Quarta, 20 Julho 2016 desnutrição  

European Commission DG ECHO

Abuja (Agência Fides) – Por causa do agravamento da situação humanitária, devido ao conflito com o grupo jihadista Boko Haram, mais de 240 mil crianças sofrem de desnutrição aguda e têm elevado índice de morte no Estado de Borno, nordeste da Nigéria. Segundo estimativas da Agência das Nações Unidas para a Infância, das 244 mil crianças atingidas, quase 50 mil poderão morrer se não receberem assistência rapidamente. “Em média, morrerão 134 crianças por dia por causas relacionadas com a desnutrição aguda, se a resposta não aumentar rapidamente”, consta na nota de imprensa do diretor regional do Unicef para a África Ocidental e Central, recebida pela Fides.
A crise alimentar na região se torna sempre mais evidente porque as tropas da força multinacional estão conquistando o controle dos territórios dominados por Boko Haram e que agora se tornam mais acessíveis às ajudas humanitárias. Os lugares hoje praticáveis apresentam cenas desoladoras: cidades completamente destruídas com pessoas desalojadas e sem condições higiênicas adequadas, água ou alimentos. As organizações humanitárias infelizmente ainda não têm acesso a quase duas milhões de pessoas que vivem em áreas inseguras. Em sete anos de conflito, Boko Haram causou a morte de mais de 12 mil pessoas, segundo dados do governo. Outras fontes apontam que o número é na realidade quase o dobro e que mais de 2,5 milhões de pessoas foram obrigadas a fugir de suas casas. (AP) (20/7/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network