ÁFRICA/QUÊNIA - Irmão Argese, o “missionário da água”, publicamente agradecido pela diocese de Meru

Quarta, 13 Julho 2016 institutos missionários  

CISA

Irmão Giuseppe Argese

Nairóbi (Agência Fides) - “Estamos gratos aos Missionários da Consolata por nos terem doado irmão Argese, que trabalhou em Meru todos estes anos. Eles nos deram educação, água, hospitais, erigiram a diocese e nos apoiaram até o ponto que hoje, podemos estar em pé sozinhos”, disse Dom Salesius Mugambi, Bispo de Meru, no Quênia, em sua homilia para a celebração, em 9 de julho, do Dia da Água em sua diocese.
Esta foi a ocasião para agradecer irmão Giuseppe Argese, missionário da Consolata (IMC), que há décadas projeta e dirige a construção de igrejas, como a Catedral de Meru, mas principalmente de aquedutos e outras obras hídricas que fornecem água potável para meio milhão de pessoas nas regiões de Meru e Tharaka Nithi.
“A população de Meru será sempre agradecida a irmão Argese pela formação humana que ofereceu. Nossas maiores universidades devem se interessar de perto por aquilo que foi feito aqui para a nossa prosperidade”, disse pe. Andrew Mbiko, responsável pela gestão do aqueduto de Tuuru. “Estamos levando à atenção de todo o país, e especialmente do governo do Quênia, a única e especial contribuição de um só missionário para a formação humana, o desenvolvimento e a civilização da população de Meru” acrescentou pe. Mbiko, que recordou ter pedido ao governo que conceda a cidadania honorária ao missionário italiano.
Irmão Giuseppe Argese nasceu em Martina Franca, na região da Puglia, em 1932. Em 1957 foi para o Quênia como missionário e desde então se empenha na construção de igrejas e obras de utilidade pública. Em 1959 deu início à sua maior atividade: o planejamento e a construção de numerosas obras de engenharia hidráulica para a coleta e a distribuição de água, que hoje é fornecida a centenas de milhares de pessoas. A importância e a qualidade do trabalho realizado em 50 anos por irmão Argese foram reconhecidas pelas mais altas instituições internacionais: em 15 de junho de 1999, irmão Argese recebeu o prestigiado reconhecimento Path to Peace, na sede das Nações Unidas em Nova York. O prêmio é um dos mais altos reconhecimentos pela contribuição no desenvolvimento da paz em campo internacional. (L.M.) (Agência Fides 13/7/2016)



Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network