ÁSIA/PAQUISTÃO - Advogado cristão defensor das vítimas de blasfêmia forçado a se retirar da atividade

Sábado, 9 Julho 2016 blasfêmia   minorias religiosas   liberdade religiosa   islã   violência  
Do lado esquerdo o advogado Gill

LEAD

Do lado esquerdo o advogado Gill

Lahore (Agência Fides) - Sardar Mushtaq Gill, advogado cristão paquistanês em Lahore e ativista dos direitos humanos, responsável pela organização "Legal Evangelical Association Development" (LEAD), foi forçado a deixar a atividade de advogado e permanecer num lugar desconhecido, devido as fortes ameaças de morte recebidas nos últimos tempos. O advogado, como relatado muitas vezes no passado à Agência Fides, assumiu a defesa legal e ajudou muitas vítimas da lei sobre a blasfêmia e numerosos cristãos que sofrem abuso e discriminação. Conforme referido a Fides, motivando esta escolha difícil, o advogado estava preocupado, em particular com seus familiares que também tinham recebido ameaças.
Gill se comprometeu a defender os direitos das minorias religiosas, especialmente dos cristãos paquistaneses. Dentre os casos assumidos, o de Shama e Shahzad Masih, cônjuges cristãos queimados vivos por uma multidão de muçulmanos que os acusou de blasfêmia. "Não obstante sua denúncia e a necessidade urgente de proteção, o seu pedido de segurança foi ignorado pelas autoridades", afirma uma nota da Ong LEAD. (PA) (Agência Fides 9/7/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network