ÁFRICA/ZÂMBIA - O Presidente denuncia as violências políticas, como fizeram os Bispos

Quinta, 7 Julho 2016 política  

O Presidente de Zâmbia, Edgar Lungu

Lusaka (Agência Fides) - “A violência nesta região do país é alarmante porque registra o nível mais alto, seguida pela Província de Lusaka”, advertiu o Presidente de Zâmbia, Edgar Lungu, falando aos líderes tradicionais da Southern Province. O Chefe de Estado pediu aos três líderes tradicionais da Província que ajudem as autoridades a restabelecer a calma e a instaurar um clima pacífico em vista das eleições presidenciais e parlamentares de 11 de agosto.
O Presidente Lungu, ao deplorar a morte de algumas pessoas nos últimos confrontos políticos, recordou que Zâmbia é visto há anos por outros países africanos como um oásis de paz e fez votos que continue assim.
Recentemente, os Bispos locais denunciaram os “discursos incendiários” de vários políticos que alimentam as tensões (veja Fides 1/6/2016), assim como também as violências xenófobas contra os migrantes ruandeses (veja Fides 29/4/2016). (L.M.) (Agência Fides 7/7/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network